Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
A Problemática Socioeconômica e Ambiental da Bacia do Rio Taquari e Perspectivas

14/04/2004

:. Do mesmo autor
Pantanal: Um bioma ameaçado

O Agronegócio no Pantanal e a Necessidade de Diversificação Agropecuária

Tendências do Agronegócio no Pantanal e a Globalização da Economia

Pantanal: Risco de Contaminação por Biocidas

Potencial do Agronegócio no Pantanal e a Demanda por Tecnologias

E o Jacaré do Pantanal pode também se contaminar por Mercúrio?

O Pantanal e a acontaminação por Mercúrio

Níveis de Mercúrio na Carne de Peixes como Indicadores de Contaminação do Pantanal.

A EMBRAPA e a conservação do Pantanal

Penas de aves como indicadores de mercúrio no pantanal

A Bacia do Alto Taquari (BAT), com superfície de 28 mil Km2 está localizada na Bacia do Alto Paraguai no Centro-Oeste do Brasil. O rio Taquari é um dos mais importantes afluentes do rio Paraguai, desempenhando papel de destaque na sócio-economia da Nhecolândia e Paiaguás, subregiões criatórias mais populosas de bovinos de corte do Pantanal. A rápida expansão da agropecuária na BAT a partir de meados da década de 70, desarticulada de zoneamento agropecuário, acelerou os processos erosivos no planalto e, conseqüentemente, o assoreamento do Taquari no Pantanal. Em virtude disso, o padrão das inundações na planície do baixo curso do Taquari foi alterado e a pecuária bovina de corte, principal atividade econômica da região, foi drasticamente afetada pelo alagamento de uma superfície aproximada de 11 mil Km2.

Nessa área impactada ocorreu redução de 50% da população bovina de 1970 para 1975. Além disso, as inundações sucessivas desencadearam profundas alterações no processo natural de sucessão vegetal. A fauna regional também está sendo afetada.

A atividade pecuária ocupava apenas 3,4% da superfície da BAT em 1977, ampliando para 42,4% em 1991. As pastagens cultivadas da BAT estão implantadas em áreas de elevada susceptibilidade à erosão, em Areias Quartzosas, Pódzólico-Vermelho-Amarelo e Associação Complexa, solos arenosos e relevo acidentado. Essas áreas compreendem aproximadamente 70% da superfície da BAT. Além da elevada taxa de erodibilidade dos solos, o manejo deficiente das pastagens e a baixa utilização de práticas de conservação de solo, estão incrementando as perdas de solo e a produção de sedimento na BAT. O aporte de sedimento para o Pantanal, em 1997, foi estimado em 36 mil ton./dia, o equivalente a 1.000 carretas por dia.

No período de expansão da agropecuária na BAT, a taxa de assoreamento na planície foi 370% maior que no período anterior, evidenciado pela mudança do padrão da taxa de assoreamento, de linear entre 1925 e 1975, para exponencial nos últimos 25 anos. Isso mostra que a intensificação do assoreamento/inundação do rio Taquari está fortemente correlacionada com o crescimento desordenado da agropecuária na Bacia do Alto Taquari.

A utilização de pesticidas na agropecuária da BAT é uma das questões que preocupa a sociedade pelo risco de contaminação do Pantanal. A perda de biodiversidade e o comprometimento da estrutura dos ecossistemas constituem as principais ameaças. Os peixes da bacia ainda são abundantes e diversificados, mas há sinais evidentes de redução dos estoques pesqueiros em relação a determinadas espécies nobres.

Os levantamentos da Embrapa Pantanal evidenciaram elevada carga de pesticidas (herbicidas, inseticidas e fungicidas), abrangendo muitos grupos químicos e diversificados princípios ativos empregados na agropecuária da BAT. A trifluralina é o herbicida mais empregado na cultura de soja na BAT. A literatura evidencia que esse herbicida é tóxico para algas, mesmo quando ocorre incorporações ocasionais, e para peixes quando há entrada contínua do produto no sistema aquático. Publicação da Embrapa Pantanal também registrou que, embora não haja evidências científicas, com base na literatura, há risco de resíduos ou metabolitos de biocidas, mesmo em concentrações subletais, afetarem os ecossistemas aquáticos do rio Taquari/MS.

Evidências recentes estão nos resultados obtidos no Plano de Conservação da Bacia do Alto Paraguai (PCBAP), que constataram relação entre a qualidade de sedimento de rios da Bacia do Alto Paraguai e os princípios ativos cloropirifós, ciclodienos e triazinas. Esses princípios ativos foram detectados em níveis elevados no sedimento do rio Taquari e Negro, em Mato Grosso do Sul, demonstrando que os resíduos dos biocidas usados na agropecuária estão efetivamente contaminando os sistemas aquáticos da Bacia do Rio Taquari.

Páginas: anterior 1 2 próxima Topo da página


Luiz Marques VieiraEnvie um email!
Pesquisador - EMBRAPA/CPAP

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

  • agricultura
    a agricultura está nos quatro cantos do mundo no Brasil é muito comentado pricipalmente nas partes do Norte e Nordeste estados como:Mato Grosso,Goiana e outros estados. agricultura significa:na minha opinião que tem a ve com a cultura das plantas e de sua criação e educação.
    yalli kerollaíne - 03/09/09 08:33

  • economia
    poxoreu e uma cidade que vive ainda do diamante extraido, em suas terra muito ricas; porem precisa conscientizar o homem para a mineração equilibrada.
    markos - 28/04/09 03:53

  • comentario Rio Taquari ms.
    Conheço rio taquari desde os anos 70 , de lá pra , o rio tem suriado muita das vezes dificultando a navegaçao, grande parte por agreçao do homem , entendo que as autoridades do meio hambiente, ong ribeirinhos, ha de tomar uma decisao forte combatendo a agreçao ao mesmo. Até mesmo contratando engenheiro hambientalista sabemos que as margens do rio é de terra arrenosa que facilita o desbarrancamento por isso trata de um assunto muito sério e eu particularmente vejo com muita tristesa porque ali já peguei muitos e muitos peixes , mas entendo tem que tomar providencias urgentestambem no pantanal, lá que está a agreçao aos peixes . Espero que descaso ainda seja resolvido. Hamilton Fernandes de Freitas.
    Hamilton Fernandes de Freitas - 14/12/08 10:27

  • sujertao
    e presiso refloretamento das ribeirinhas e dos serrados entre s rios 10anos teremos rio devolta
    adelsonmoraes campos - 03/06/08 02:22

  • rio
    temos 11 anos e moranos em corumba e sofremos com isso vamos cuidar bem do rio!
    daniela e aninha - 13/05/08 11:50

  • assoreamento
    venho por meio desta fazer um protesto há anos os pesquizadores da enbrapa fazem estudos sobre o rio taquary e nunca chegão a uma concluzão sobre o assoreamento do rio eu trabalho nesta areá a 26 anos e até hoje ninguem tomou uma providencia.já levei pessoas da micro aries do rio de janeiro para fazer mapeamento do rio a 5 anos e hoje ja modificou muito novamente eu pesso para que as autoridades local liberassem para que os fazendeiros e moradores ribeirinhos pudessem fazer uma barragen en suas propiedades para que as aguas não inundão os seus terrenos ribeirinhos para que eles possão plantar e colher os seus frutos de seus trabalhos sem mais pesso desculpas.
    jocy lopes nascimento - 19/07/07 08:19

  • garimpo e assoreamento dos rios poxoréu mt
    é preocupante a situação dos rios do município em destaque.principais causas garimpo,fazendeiros e empresas de exploração mineral.CONSEQÜÊNCIAS, morte dos rios e ausência de peixes e perspectivas futuras para as gerações vindouras.
    prof:luiz - 04/07/07 18:10

  • usina hidrelétrica josé fragelli-poxoréu mt
    gostaria de compartilhar assuntos que nos motivassem com a conservação e melhoria dos nossos recsursos hídricos, mais é impossível relatar fatos positivos, principalmente no que diz a respeito da abertura das comportas da usina nesse município, pois assoreia o leito dos rios e ainda matam os peixes que sobem da bacia do pantanal para a piracema.
    prof:luiz - 04/07/07 06:17

  • bacia rio taquari,ms
    novamente nos deparammos com ameaças de destruição de eco-sistemas,precisamos unir forças, não é possivel tanto descaso, o rio taquari (todos os rio...)precisa de ajuda.
    dagoberto - 24/03/07 16:11

  • :. ARTIGOS RELACIONADOS

    Artigos por assunto

    Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
    Copyright © 2000 - 2017 Agronline.com.br