Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
Agricultura e Internet

25/03/2001

:. Do mesmo autor
O agribusiness em 2000: dá para ser otimista?

Dos últimos eventos internacionais aos quais tenho assistido, parecem emergir dois assuntos que têm muito a ver com a agricultura e o agronegócio no Brasil. O primeiro pode ser enunciado de forma muito simplista com esta frase: os ricos do mundo desenvolvido não estão preocupados com a agricultura; comer e beber não é um problema para eles. Em outras palavras, a agricultura é uma questão pouco relevante do ponto de vista dos grandes negócios. É um assunto de pobres, e portanto, não entra nas agendas dos discursos econômicos privados. É um problema dos governos, cuja função é gastar dinheiro de contribuintes para garantir o abastecimento de todos, venha da onde vier a comida. Claro que por motivos logísticos ou estratégicos, eles defendem a proteção aos agricultores dos mesmos países ricos, até para evitar que estes deixem sua atividade e venham criar problemas sociais nas cidades, ao disputar empregos urbanos Mas o essencial é isto: os ricos gastam tão pequena parcela do seu orçamento para comer que a agricultura não entra na pauta de suas discussões. Daí se entende a vigorosa ação protecionista de seus governos. Ao proteger os agricultores, mesmo à custas de subsídios imensos( pagos gostosamente pelos ricos cidadãos urbanos) , governos asseguram abundância de comida, renda para os produtores rurais, defesa da paisagem e tranquilidade social. As preocupações se transferem então para a qualidade da comida, sua rastreabilidade, a transgenicidade, se é orgânica ou não, etc.. No entanto, toda esta elaborada convicção não nos serve, aos países em desenvolvimento. Para nós, a agricultura emprega grande parte da população economicamente ativa, é parcela prepoderante nas exportações e fator determinante para a ocupação e integridade territorial. Assim, a exclusão do assunto agricultura das agendas privadas dos ricos representa a exclusão social de milhões de agricultores em países como o Brasil. Porque nas negociações internacionais visando a abertura dos mercados agrícolas, a prepotência da riqueza esmaga o anseio da pobreza. Em resumo, os ricos pagam o que for preciso para não ter problemas na área, porque podem pagar. E fim de papo. O segundo ponto instigante é o avanço da INTERNET. Já são recorrentes os discursos sobre a enorme mudança de paradigma que este extraordinário instrumento de comunicação representa. Poucas invenções da era moderna tiveram impacto tão poderoso sobre as transformações do comportamento humano como a INTERNET. Nem o rádio, nem o telefone, nem a televisão se aproximam dos seus efeitos. A informação está disponível para todos. Qualquer pessoa do planeta que tenha acesso a um computador ligado na INTERNET poderá receber informações sobre qualquer assunto. Inimaginável quantidade de informações, para todos. A facilidade para se comunicar, se entender, negociar, barganhar, até namorar, multiplica-se exponencialmente.

Páginas: anterior 1 2 próxima Topo da página


Roberto Rodrigues
Presidente - ABAG

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

  • a importancia da internet na agricultura familiar
    publiquem reportagens sobre a importancia da internet na agricultura familiar!
    francisco maia de oliveira - 10/06/08 03:29

  • agricultura
    Não concordo com o texto acima onde cita que os ricos não estão preocupados com a agricultura, pois vemos que EUA, CHINA são grandes produtores.
    isaias - 27/11/07 09:59

  • comentario
    parabens pela visao, sucesso no trabalho!
    Eder - 04/12/05 19:57

  • internet e a aagricultura II
    A par do que comentei anteriormente, a internet é umm meio de pesquisa fenomenal que veio amparar o homem do campo, que na maioria das vezes está longe dos centros de pesquisas, além do que, integra com a realidade global atual. Ou seja, tem uma biblioteca virtual em seu PC., onde pode se atualizar com o que há de mais moderno em sua área, quer seja, em produtos, equipamentos, legislação etc. Então viva a internet
    Elias - 13/12/04 08:26

  • Internet na agricultura
    A internet é a coisa mais importante que apareceu no século XX. É comunicação em tempo real, com certidão da comunicação realizada através e-mail. Importante para o empresário rural, que não pode depender da pessoa a ser contatada estar disponível no momento da comunicação, pois TIME IS MONEY, como dizem os americanos, e essa ferramenta libera tempo o empresário rural administrar melhor seus negócios, tendo certeza que sua comunicação será recebida in totum.
    Elias - 13/12/04 08:22

  • A meia verdade
    Se por um lado a internet nos traz todo o conforto e modernidade às mãos, de forma rápida (e ai tem muito o fator sorte, pois os provedores deixam a desejar...), por outro lado tem a interação, a discussão, a troca de experiência prática, que não pode ser feita via internet..que é preciso olhar a olhos nús e sentir...é a alquimía que a internet não consegue...ela pode até mostrar...mas não se pode tocar...e nós brasileiros queremos tocar..sentir...então, acredito que mesmo que a internet ajude e muito a facilitar a informação, sempre haverá um campo de trabalho para os que se modernizarem e quiserem acompanhar a modernidade, mesmo que seja apenas para reunir e voltar seus representantes.... O homem gosta de momentos de solidão frente à máquina...mas são apenas momentos...tem hora prá tudo..até mesmo pra se discutir o preço da soja, do feijão, dos insumos, falar mal do governo...e tomar aquela cachacinha na casa do "cumpadre"... Por isso, não acredito que a internet venha tomar o emprego, lugar, espaço de quem quer que seja...desde que se adeque a ela...ela está para 'nos servir e não vice-versa.
    Martha A.Oliveira - 27/05/02 01:30

  • absurdo
    SOU PRODUTOR RURAL,NA REGIAO DE PRES PRUDENTE ESTOU A MENOS DE 4KM VISUAL DA CIDADE DESANTO ANASTACIO E TIVE QUE IMVESTIR 1600,00 REAIS PARA PODER TER INTERNET NA FAZ VIA RADIO, VIA TELEFONE NAO FUCIONAVA , AGHO SIMPLISMENTE UM ABSURDO ISSO!!!!,PRODUSO ALIMENTO PARA MEU PAIS E O TRATAMENTO E ESSE ISSO SO MEFAZ TEM MENAS VONTADE DE SERBRASILEIRO, OBRIGADO.
    ALEXANDRE - 27/02/02 12:27

  • Agricultura
    O proprio autor se contradiz quando fala ser a agricultura questão estrategica nos paises ricos em relação ao teor do texto.Talvez não entra em pauta nas reuniões justamente por estrategia.Lembrando que ela movimenta uma cadeia sem fim envolvendo todos os setores da sociedade.
    Eduardo - 04/07/01 00:46

  • :. ARTIGOS RELACIONADOS

    Artigos por assunto

    Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
    Copyright © 2000 - 2017 Agronline.com.br