Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
Modelo Técnico – Caminho do Agonegócio

Página 3/3

:. Do mesmo autor
Comportamento Organizacional - Desafios da Gerência do Agronegócio.

Conduta Rural em Destaque

Mudando a Conduta Rural

Conduta Rural Motivada

Vendendo para o Agronegócio

O Triângulo do Atendimento Rural

A gestão de pessoas no agronegócio

Arrumação e venda de produtos da agricultura familiar

Qualidade de Vida Rural

Gestão Comercial do Agronegócio – Novos Paradigmas

Serviço Rural – Um Diferencial Competitivo

Comunicação informal no campo

Comportamento Organizacional - Craitividade Perdida

Comportamento Organizacional - Ousadia e Criatividade na Gestão de Pessas do Agronegócio

Comportamento organizacional – Cooperação Rural

Comportamento Organizacional - Educando a Organização Rural

Competência - caminho do sucesso

Conduta Empreendedora e Comunicação

Capital intelectual – instrumento de estímulo à renovação e ao desenvolvimento

Os modernos gestores precisam, com urgência, dar espaço aos nossos técnicos para implementarem suas idéias. Nossos parlamentares precisam valorizar a competência técnica e acabar de vez com a descontinuidade administrativa. Sabemos que quando um presidente de banco (estadual ou federal), governador, prefeito e outros, se afastam, com eles vão junto – se é que os possuem – todos os projetos que poderiam dar um pouco mais de conforto e qualidade de vida a essa faminta e sofrida população brasileira – tanto rural quanto urbana.

Nossos técnicos têm competente formação, só falta boa vontade política de dar-lhes espaço para fazer desse lugar uma nação de competência técnica.

Se afigura de suma importância que estas questões sejam trazidas à tona para discussão na Câmara e no Congresso – através de projetos de lei e outros expedientes.

É gritante a necessidade da construção de modelos técnicos capazes de colocar nosso país o mais próximo possível da modernidade. Enviar o Brasil à Estação Espacial Internacional significa um avanço em termos de lobby internacional e um pesado investimento no nosso marketing institucional; há, entretanto, a necessidade de, além testarmos alguns experimentos sob gravidade zero – por mais simplórios que possam parecer –, desenvolvermos um aparato técnico capaz de garantir o nosso desenvolvimento sustentável.

O Brasil precisa (com urgência) valorizar seus técnicos, depositando em suas mãos a competência técnica – passaporte para o primeiro mundo.

Páginas: anterior 1 2 3 próxima Topo da página


José Carlos CairesEnvie um email!
Técncio de Nível Superior II - EMBRAPA/CPATC

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

:. ARTIGOS RELACIONADOS

Artigos por assunto

Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
Copyright © 2000 - 2019 Agronline.com.br