Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
Índice de qualidade de bacia – nova proposta para gestão da bacia do rio Miranda

Página 2/2

:. Do mesmo autor
Poluição por pesticidas no Pantanal

Ocorrência do fenômeno natural “dequada” no pantanal.

A influência do ciclo de cheias e secas na sustentação da cadeia alimentar do rio Paraguai, Pantanal - MS.

Contaminação de corpos d'água na região de Corumbá

Determinação de impactos e conservação dos recursos hídricos na bacia do alto Paraguai

Nas três últimas décadas, em ambas as bacias, os impactos antrópicos tornaram-se gradativamente mais expressivos, devido à expansão das atividades agropecuárias, agroindustriais e industriais, em maior ou menor grau; na bacia do Tietê/Jacaré há ainda o efeito das barragens e da introdução da espécie exótica “mexilhão dourado” e na bacia do rio Miranda o efeito do desmatamento irregular relacionado às carvoarias, além do aumento da área ocupada por monoculturas de eucalipto e do alto potencial de dispersão desse mexilhão. Em ambas as bacias, os principais impactos são relacionados ao mau uso do solo, à aplicação indiscriminada de fertilizantes e pesticidas e ao lançamento de efluentes urbanos e industriais. Tais práticas resultaram no aumento dos processos erosivos, assoreamento, aporte de carga orgânica e de poluentes tóxicos, tendo como conseqüência a perda da qualidade e da quantidade de água. Todos esses impactos geram alterações na hidrodinâmica (ou no regime de pulsos de inundação) e nas características físicas e químicas da água, bem como efeitos diretos e indiretos na biota aquática, resultando em degradação ambiental, com conseqüências sociais e econômicas.

Para elaborar o Índice de Qualidade de Bacia Hidrográfica do rio Miranda, será realizado de 12 a 16 de agosto/2007, no Instituto São Vicente em Campo Grande (MS), uma reunião técnica com a equipe de cerca de 30 pesquisadores da equipe do Miranda para, em conjunto e com base na experiência multidisciplinar, elencar indicadores e calcular o Índice com o intuito de subsidiar a gestão dos recursos hídricos da bacia de forma planejada para cenários de médio e longo prazo, bem como propor um zoneamento visando a conservação de seus recursos hídricos com base na premissa de usos múltiplos.

Uma vez elaborado o IQB em conjunto com as demais informações geradas pretende-se também apresentar e discutir tais resultados, de forma participativa, com a sociedade e os órgãos gestores, estadual e municipais, bem como com o Comitê de Bacia Hidrográfica do rio Miranda, finalizando com a produção de um livro com previsão de publicação em 2008.

Páginas: anterior 1 2 próxima Topo da página


Débora Fernandes CalheirosEnvie um email!
Pesquisadora - EMBRAPA/CPAP

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

:. ARTIGOS RELACIONADOS

Artigos por assunto

Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
Copyright © 2000 - 2017 Agronline.com.br