Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
Pastagem Ecológica e serviços ambientais da pecuária sustentável

Página 2/6

Visto que a produção de metano não pode ser dissociada da pecuária e que a atividade pecuária não pode ser suprimida nem mesmo reduzida, o que então poderá ser feito, para reduzir os seus efeitos no aquecimento global? Muita coisa pode e está já sendo feita! Porém numa escala que ainda longe da desejável e necessária! Já existem tecnologias capazes de mitigar os efeitos da pecuária sobre o aquecimento global, algumas delas capazes mesmo de transformar a pecuária de vilã, em heroína, contribuindo para o seqüestro de carbono atmosférico!!

Na realidade, o aumento da camada de gases de efeito estufa é apenas uma das causas do aquecimento global. Esta camada de gases funciona apenas como um cobertor, que não tem a capacidade de aquecer, mas sim de conservar o calor do corpo, neste caso a Terra.

Um solo sem cobertura vegetal ou com cobertura escassa, como ocorre com as pastagens degradadas ou em regime de super-pastejo, são verdadeiros espelhos devolvendo calor ao espaço na forma de ondas longas ou radiação infravermelha. Em todo o mundo existem muitas áreas que emitem calor em excesso (acima de 300 W/m2), contribuindo para o aquecimento global. No Brasil estas áreas se concentram no Semi-árido Nordestino e agora lamentavelmente também nas regiões Sudeste e Centro-Oeste, em que a cobertura vegetal permanente foi substituída por culturas que não conseguem manter folhas verdes o ano todo e com isso o serviço ambiental de vaporização de água no ar (e que retira calor do ar), atendendo a demanda atmosférica. Para deixar mais claro, o que queima mais a sola do pé descalço às 13h da tarde, com o mesmo sol a pino: a areia seca ou a úmida, numa praia, o gramado ou a calçada na cidade? Uma superfície sem ou com água, também na forma de planta verde?

Por outro lado, uma boa cobertura vegetal, que é hidrotermorreguladora, quando contém água, é a melhor forma de manter um clima com menor amplitude térmica, que é o desejável. Por exemplo: no Deserto do Saara, a temperatura varia de 0 ºC durante a noite a 50 º C durante o dia; já na Floresta Amazônica, a temperatura varia apenas de 28 ºC a 38 ºC da noite para o dia. A temperatura média é maior na floresta tropical que no deserto subtropical, porém a amplitude térmica no deserto é 5 vezes maior. Surge então a seguinte pergunta: qual dos dois locais é mais favorável à vida?

Pastagem Ecológica e serviços ambientais da pecuária sustentável:

A pecuária convencional e extensiva, baseada no pastejo contínuo (que não permite o descanso e a recuperação das forrageiras) e geralmente com lotação acima da capacidade de suporte, fator que mais contribui para a degradação das pastagens e a pecuária super-intensiva, baseada em confinamentos dependentes de grãos que são mal convertidos por ruminantes, não são sustentáveis. Para alcançar a sustentabilidade a pecuária precisa ter no seu alicerce o Manejo Sustentável das Pastagens, de forma a garantir de forma natural sustentável, em qualidade e quantidade a alimentação dos animais, que está na base da pirâmide da produção pecuária.

Páginas: anterior 1 2 3 4 5 6 próxima Topo da página


Jurandir MeladoEnvie um email!
Engenheiro Agrônomo - Consultor

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

  • sementes
    cais sementes sao mas recomendadas para este inverno
    rafa - 25/05/10 10:42

  • Parceria
    Oi! Eu sou de Rondonia e Gostaria de emplantar o sistema na propriedade da minha familha nos somos agropecuariasta, no momento o estado de Rondonia esta engatinhado em relaçao as suas ideis. Eu passo por um grande problema que a visao do meu pai, e de outros muitos que nao tem a visao q nos temos! Estou baixando o seu artigo e vou para estudalo melhor. Meu barabens!
    Douglas W. Berton - 23/06/09 16:18

  • quero testar.
    Já lí os seus livros. Confesso que foi uma transformação no meu jeito de pensar. Terminei a dois anos atrás um curso de técnico em pecuária. Ainda não consegui comprar minha rocinha. Mas quando conseguir, te garanto. Vou implantar. Sem desmatar. Até lá. Um abraço.
    antonio nunes - 29/09/08 14:34

  • pastoreio racional
    com esse modo de produçao temos tudo a ganhar pelo fato de ser ecologico nao afetando o meio ambiente e tambem cuida do bem estar animal da vida do solo e do humano.com isso vamos ter mais diversidade no agroecossistema e mais vida.
    wiliam de paula silva - 05/04/08 12:32

  • :. ARTIGOS RELACIONADOS

    Artigos por assunto

    Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
    Copyright © 2000 - 2019 Agronline.com.br