Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
Biodiesel para quem?

26/09/2007

Ludwig von Mises, economista austríaco, escreveu: “progresso em direção ao caos não deve ser elogiado. Nada deve ser aceito apenas por ser novo, radical, e estar na moda”. O tema desenvolvimento sustentável está em voga e com facilidade é encontrado nos discursos a respeito do biodiesel.

Segundo a Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (CMMAD), da Organização das Nações Unidas, o conceito de desenvolvimento sustentável é o “desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender as necessidades das futuras gerações”. Ser sustentável repousa sobre três pilares: desenvolvimento econômico, desenvolvimento social e proteção ambiental, interligados e recíprocos. Portanto, é relevante e factível relacionar a mudança da matriz energética a este conceito. Contudo, uma complexidade de fatores como desperdício, degradação ambiental, pobreza, decadência urbana, crescimento populacional, produção de alimentos, crescimento industrial, geração de resíduos e outros estão implícitos e devem ser avaliados.

O governo enfatiza a oportunidade de crescimento econômico do País firmado na política de produção de biocombustíveis. De um lado, o etanol por seus resultados efetivos desde sua incorporação na matriz energética brasileira, em 1975. De outro, o biodiesel como uma alternativa promissora.

No contexto global, as preocupações com a segurança energética, o seqüestro de carbono e a emissão de gases de efeito estufa (GEE), geraram aumento da demanda por fontes de energia renovável.

O Brasil apresenta vantagens comparativas e competitivas favoráveis à produção de biocombustíveis como: extensão territorial, reservas de água doce, diversidade de clima e biodiversidade, além de mercado interno considerável. De acordo com o Ministério de Minas e Energia (MME), o consumo de diesel pelo setor de transportes representou 54,5% da demanda, cerca de 40 bilhões de litros anuais, em 2006. Estima-se que, nos primeiros 10 anos, o país absorverá a totalidade da produção de biodiesel.

Páginas: anterior 1 2 próxima Topo da página


Daniel Kinpara Envie um email!
Pesquisador - EMBRAPA/CPAC

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

  • Parabenizar o artigo
    Caros pesquisadores, Quero parabenizá-los pelo artigo, que numa breve descrição apresenta grande substância. Saudações, de outro pesquisador na área de ciências sociais aplicadas.
    Edinicio Oliveira Lima - 08/11/08 19:48

  • :. ARTIGOS RELACIONADOS

    Artigos por assunto

    Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
    Copyright © 2000 - 2017 Agronline.com.br