Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
Como enfrentar a crise da agricultura: lamentando os problemas insolúveis ou resolvendo os problemas solucionáveis?

08/05/2001

:. Do mesmo autor
O que pedem os agricultores e o que podem os governos: mendigar dependência ou proporcionar emancipação?

A escola rural deve formar "solucionadores de problemas"

Rentabilidade na agricultura: com mais subsidios ou com mais profissionalismo?

Uma mensagem de esperança aos pequenos agricultores: a rentabilidade já está ao alcance de todos

Agricultores, abram os olhos: não se dediquem apenas à etapa POBRE do agronegocio

A educação rural está fora de rumo: os agricultores sofrem por falta de conhecimentos e por excesso de individualismo

"Na economia as soluções rendem mais do que os problemas; na política, os problemas valem muito mais que as soluções" - Nikolai Bukharin (1888-1938) - economista e político soviético.

De acordo com esta reflexão de Bukharin, na agricultura latinoamericana aparentemente deveríamos dedicar-nos muito mais à economia que à política. Deveríamos descartar imediatamente aquelas pseudo-soluções utópicas que apenas contribuem a confundir os agricultores e a perpetuar os problemas do setor agropecuário. Porque a angustiada clase rural está necessitando soluções de verdade e que sejam mais perduráveis no tempo; isto é, medidas que, graças a sua viabilidade e realismo, possam efetivamente ser concretizadas, por mais adversas que sejam as condições atuais dos produtores rurais e de seus respectivos governos. Nas atuais circunstâncias, já não tem muito sentido continuar afirmando aos agricultores que seus problemas deverão ser resolvidos pelos governos, através de créditos abundantes e baratos, da aquisição, refinanciamento e perdão das suas dívidas, da concessão de subsídios internos, do aumento do valor do dólar, da redução dos impostos e dos pedágios e da proteção contra a importação de produtos agrícolas; e continuar afirmando-lhes que nossos governos deveriam exigir a eliminação das barreiras externas e dos subsídios com os quais os países ricos protegem seus agricultores.

Por mais desejadas e atraentes que sejam, a curto e médio prazos, estas propostas não serão adotadas; entre outros motivos, porque os endividados e debilitados governos dos países latinoamericanos, mesmo que quisessem não reuniriam as condições econômicas nem políticas, para adotá-las. No âmbito interno, por insuficiência de recursos para perpetuar no tempo estes mecanismos "perenizadores" de dependências; e, no âmbito externo, porque não possuem a força política para impedir que os países desenvolvidos continuem subsidiando e protegendo seus agricultores. A adoção das referidas medidas é tão improvável que não vale a pena perder tempo com utopías que geralmente se inspiram na ingenuidade ou, o que é muito mais grave, em repudiáveis propósitos demagógico-eleitorais. Além disso, não é esta a principal causa da crise do setor agropecuário e sim as distorções descritas a seguir, as quais, com humildade, deveremos reconhecer e, com competência deveremos eliminar.

As ineficiências do negócio agrícola: compensar suas consequências ou eliminar suas causas?

Na América Latina, o caminho cômodo e simplista de querer aliviar as consequências de una agricultura ineficiente, através de artificialismos compensatórios, está esgotado. Ante esta situação, só nos resta a alternativa realista de eliminar as causas mais profundas da falta de rentabilidade e de competitividade e, através desta medida, prescindir dos subsídios que, de antemão, sabemos que não serão outorgados por nossos governos. Entre estas causas elimináveis pelos próprios agricultores, com a única condição de que estejam capacitados e organizados, estão as seguintes distorções e ineficiências que ocorrem na grande maioria das propriedades e comunidades rurais:

Páginas: anterior 1 2 3 4 5 próxima Topo da página


Polan LackiEnvie um email!
Pesquisador - FAO

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

  • agricultura
    falta informação dos outros lugares
    jessica - 04/08/09 01:04

  • Excelente Trabalho ! ! ! ! ! ! ! !
    Excelente Trablho ! ! ! ! ! ! ! ! A America Latina, em especial o Brasil, precisa rever o Ensino, tendo em vista que apresentam forte vocação para Produção Agropecuária. O Cooperativismo e / ou o Associativismo são recursos importantes que facilitam melhor preparação dos Produtores Rurais, necessários para aplicar corretamente as técnicas da Produção Agropecuária para conseguir maior Produtividade e Competitividade nesse Mundo Globalizado. Encaminhei para meus contatos, essa matéria e meus comentários, em especial aos Fiscais Federais Agropecuários / MAPA para que, de alguma forma, passem a contribuir para tornar a Produção Agropecuária Nacional cada vez mais Produtiva e Competitiva, como também para o Fortalecimento da Categoria dos FFA’s. MISSAO TANIZAKI Fiscal Federal Agropecuário Bacharel em Química missao.tanizaki@agricultura.gov.br (New) Esplanada dos Ministérios, Bloco “D”, Sala 346-B, Brasíla/DF TUDO POR UM BRASIL / MUNDO MELHOR
    Missao Tanizaki - 21/01/09 01:03

  • comentário
    eu gostei do artigo porque mostra os problemas que o ceará enfrenta mas,eu gostaria que o site tenha informaçoes de outros problemas também
    hadimiela - 20/09/06 15:05

  • :. ARTIGOS RELACIONADOS

    Artigos por assunto

    Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
    Copyright © 2000 - 2017 Agronline.com.br