Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
Desmatamento em Roraima: interpretando dados oficiais

03/04/2006

:. Do mesmo autor
Tecnologia espacial a serviço de Roraima (I)

Tecnologia espacial a serviço de Roraima (II)

Desde 1989, o INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), através do Projeto PRODES (Monitoramento da Floresta Amazônica Brasileira), calcula anualmente a taxa de desmatamento da Amazônia Legal Brasileira utilizando imagens de satélite. O objetivo principal do PRODES é estimar a taxa anual e a extensão do desmatamento bruto da Amazônia – por Estado e por imagem.

As estimativas do INPE adquiriram o caráter de estatísticas oficiais sobre os desmatamentos da Amazônia brasileira em nível nacional e estadual. O INPE considera desmatamento “a conversão de áreas de floresta primária por atividades antropogênicas para o desenvolvimento de atividades agropecuárias detectadas por plataformas orbitais”.

As imagens utilizadas são do satélite LANDSAT e possuem limitações em função da presença de nuvens, muito comuns no ambiente amazônico, que impossibilita a interpretação dos dados sob onde se encontram. Dessa forma, parte das imagens pode não ser analisada. Em função desta e de outras peculiaridades, como o tempo restrito para processamento das imagens e a divulgação da taxa, o INPE vem adotando uma metodologia para o cálculo que, dentre outros procedimentos, baseia a seleção de imagens de forma a cobrir o máximo possível de áreas desmatadas no ano anterior. A partir dos incrementos do desflorestamento identificados em cada imagem, as taxas anuais são então estimadas.

Para o Estado de Roraima, de acordo com os últimos dados divulgados, pode-se inferir que as áreas desmatadas equivalem a menos de 5% do total da área florestal do Estado, representando pouco mais de 1% de toda área desmatada na Amazônia.

No levantamento das imagens utilizadas pelo Projeto PRODES para o Estado de Roraima para o cômputo das taxas de desmatamento nos últimos anos, observa-se que somente a partir de 2002, obteve-se a análise de todas as imagens que compõem o Estado de Roraima (19 imagens). Assim mesmo, nesse ano (2002), com percentual considerável de cobertura de nuvens nas áreas florestais, comprometendo o cálculo das áreas realmente observadas. Para o ano de 2003, uma menor cobertura de nuvens, associada à análise de todas as imagens do Estado, representa a possibilidade de cálculo mais preciso da situação do desmatamento no Estado, inclusive com a possibilidade de observação de áreas nunca antes observadas. Para a estimativa da taxa de desmatamento no período de 2003/2004, foi utilizada no Estado de Roraima a imagem 231/59 (órbita/ponto), referente ao sul do Estado (município do Caroebe).

A análise dos dados de desmatamento por município em Roraima, outro produto fornecido pelo PRODES, demonstra que os municípios de Mucajaí e Cantá são os que apresentam maior extensão de áreas desmatadas, seguidos por Rorainópolis, Caracaraí e Caroebe. Para o período de 2000 a 2004, os municípios do sul do Estado (Caroebe, Rorainópolis, São Luiz e São João da Baliza) foram os que mais desmataram.

O conjunto de dados fornecido pelo Projeto PRODES, inclusive de forma digital com banco de dados georreferenciados, é de grande importância para o acompanhamento dos governos estaduais, do próprio Governo federal e da sociedade como um todo sobre a localização e a extensão dos eventos de desmatamento na Amazônia Legal.

A interpretação e análise dos dados requerem um certo grau de conhecimento a respeito da metodologia utilizada no mapeamento. O reconhecimento da importância dos dados gerados poderia representar uma maior utilização dos mesmos no âmbito dos Estados da Amazônia.

Maristela Ramalho XaudEnvie um email!
Pesquisadora - EMBRAPA/CPAFRR

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

  • desmatamemto em roraima
    ficou muito legal mesmo parabens.
    juanni - 01/09/11 15:25

  • Imagens do artigo : Desmatamento em ROraima
    Boa tarde, achei ótimo o ortigo, como poderia visualizar as imagens citadas no artigo publicado dia 03-04-2006 " Desmatamento em Roraima" ? Agradecida desde já!
    CHIARA B. MATTOS - 10/01/11 17:13

  • parabens
    Uma ótima pesquisa sobre o desmatamento em RR parabems
    herick - 27/10/09 21:18

  • ambiente
    achei a matéria muito legal parabéns!
    nany - 22/04/07 15:58

  • :. ARTIGOS RELACIONADOS

    Artigos por assunto

    Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
    Copyright © 2000 - 2017 Agronline.com.br