Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
Em busca de alternativas sustentáveis para o plantio direto em Roraima

30/05/2005

O Estado de Roraima possui 1,5 milhão de hectares aptos para a agricultura em áreas de cerrado e de mata (BNDES/Embrapa, 1997), constituindo-se atualmente na mais nova fronteira agrícola do País. Além de alta produtividade e qualidade dos produtos produzidos no Estado, existe a vantagem de as culturas apresentarem ciclo curto e a colheita ocorrer no período da entressafra brasileira, facilitando sua comercialização com o mercado nacional e países de fronteira, como a Venezuela e a Guiana Inglesa.

O principal problema enfrentado pelos produtores, para a adoção do sistema de plantio direto, está relacionado à dificuldade de estabelecer as espécies de plantas de cobertura do solo após a colheita das culturas comerciais como arroz, algodão, soja e milho, fazendo com que as áreas fiquem descobertas durante todo o período seco, sujeitas à erosão e à infestação por plantas daninhas.

Para responder a estas questões, a Embrapa Roraima, unidade descentralizada da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, vem desenvolvendo pesquisas a fim de obter alternativas de manejo para o estabelecimento de espécies de plantas destinadas à cobertura do solo, sucessão e/ou rotação com as culturas do milho, feijão caupi, arroz e soja cultivados no Estado de Roraima. Estão sendo conduzidos sete experimentos, três em áreas de mata nos municípios de Cantá e Mucajaí e quatro em solo de cerrado no município de Boa Vista. Todos esses experimentos integram duas ações de pesquisa.

Na primeira ação, estão sendo testadas 13 espécies de plantas de cobertura de solo, que incluem feijão guandu, braquiárias (tipo de gramínea utilizado na formação de pastagens), estilozantes (leguminosa também utilizada na formação de pastagens), sorgo, milheto, entre outras, plantadas isoladas em diferentes épocas do ano, de abril a setembro, que corresponde ao início e final do período chuvoso.

Na segunda ação de pesquisa estão sendo avaliados os efeitos da época da semeadura de diferentes espécies de plantas de cobertura do solo, consorciadas com milho, feijão caupi, arroz e soja, sobre o desenvolvimento e a produtividade destas culturas. Serão avaliadas a produção de fitomassa seca de todas as espécies testadas e a produtividade de grãos das culturas. Os dados serão submetidos à análise estatística e os resultados serão divulgados para os produtores até o final de 2005.

O estabelecimento e a manutenção de plantas para a cobertura do solo durante todo o ano, com alta produtividade de massa seca e forragem para o gado, proporcionará as condições favoráveis para a adoção do sistema de plantio direto e a integração lavoura-pecuária no Estado de Roraima. Assim, evita-se o uso das queimadas e se estabelece um sistema de produção sustentável tanto no aspecto econômico quanto ecológico.

Roberto Dantas de MedeirosEnvie um email!
Pesquisador - EMBRAPA/CPAFRR

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

  • Transgêncicos
    Venho através deste, lhe agradecer e também parabenizar, por este trabalho que esta sendo desenvolvido no Estado de Roraima, no qual você também nos favorece divulgando através da internet.Se possível, mais dados sobre os transgênicos e a viabilidade de Agro-negócio em Roraima.
    Suelby - 25/04/06 23:02

  • :. ARTIGOS RELACIONADOS

    Artigos por assunto

    Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
    Copyright © 2000 - 2017 Agronline.com.br