Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
Lei de inovação

23/10/2005

São Carlos tem-se destacado no cenário nacional pela sua capacidade empreendedora. Nas últimas décadas, mais de uma centena de empresas denominadas de base tecnológica foram criadas em função da intensa atividade de pesquisa científico-tecnológica realizada pelas universidades USP e UFSCar, pelas unidades de pesquisa da Embrapa e pelo apoio decisivo da Prefeitura Municipal, de várias organizações de fomento à atividade empreendedora, como o Sebrae, o FIESP/CIESP, e a Fundação ParqTec. Com uma forte estrutura empresarial, consolidada ao longo do último século, e um sistema educacional forte, na base, representado por escolas municipais modernas e, no topo, com o vigoroso crescimento da USP, da UFSCAR, Embrapas e do Centro Universitário UNICEP, formando profissionais para atuação regional, São Carlos tem propiciado condições ímpares na criação de ambiente favorável à inovação e ao empreendedorismo.

Essa dinâmica empreendedora, fruto do trabalho árduo de pioneiros locais, que há mais de vinte anos perceberam que o caminho era a inovação e o empreendedorismo, ganha agora novo impulso com a vigência da Lei de Inovação, em vigor desde o final do ano passado.

A Lei de inovação, sancionada em 2 de dezembro de 2004, pelo Presidente Luis Inácio Lula da Silva, fecha o ciclo iniciado na década de 50, quando o Brasil passou a investir de forma planejada e organizada na construção do sistema brasileiro de ciência e tecnologia. Apesar de importante para o desenvolvimento de uma sociedade moderna, os conhecimentos científicos e tecnológicos, que possuem uma racionalidade técnica, somente se traduzem em benefícios para a sociedade a partir do momento que a inovação, com sua racionalidade econômica, entra em ação. É a inovação que move a economia e reflete os avanços da ciência e tecnologia. É a inovação que é percebida pela sociedade e é ela que agrega valor à qualidade de vida e bem-estar da sociedade. Sob o aspecto econômico, é principalmente a inovação que gera valor econômico. Assim, enquanto o desenvolvimento científico e tecnológico é altamente demandador de recursos – e no Brasil o investimento em ciência e tecnologia é altamente custeado pelo setor público – a inovação possibilita a efetiva criação de valor econômico, o qual, além de contribuir para o progresso da sociedade, reabastece o sistema com recursos via pagamento de impostos.

Ao flexibilizar as ações gerais e as relações de trabalho das instituições de pesquisa, estabelecer regimes de comercialização de inovações pelas instituições e criar mecanismos favorecedores do ambiente inovativo empresarial, a Lei de Inovação irá contribuir de forma significativa para que o desenvolvimento científico-tecnológico brasileiro seja traduzido em fortalecimento da economia através de inovações.

Páginas: anterior 1 2 próxima Topo da página


Clóvis BiscegliEnvie um email!
Pesquisador - EMBRAPA/CNPDIA

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

:. ARTIGOS RELACIONADOS

Artigos por assunto

Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
Copyright © 2000 - 2017 Agronline.com.br