Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
Levantamento aéreo como ferramenta para conservação da biodiversidade no pantanal

01/08/2002

:. Do mesmo autor
Corredores Ecológicos e Ecoturismo no Pantanal

Utilização econômica da fauna silvestre no brasil: o exemplo do jacaré-do-pantanal

Uso de Helicóptero nos Estudos de Reprodução do Jacaré-do-Papo Amarelo.

Os habitats do jacaré-paguá no entorno do Pantanal

O que são levantamentos aéreos no estudo de populações silvestres?

São contagens de indivíduos de populações silvestres feitas a partir de aeronaves em vôos de baixa altitudes, geralmente de 50 a 200 m acima do solo. É um dos métodos mais eficientes e baratos de se obter informações sobre densidades de grandes vertebrados em áreas extensas e remotas, onde levantamentos em nível de solo são dificultados. Os observadores vasculham visualmente a aérea de contagem, em geral definida por marcas visuais (réguas ou cordas) fixadas paralelamente à fuselagem da aeronave e contam o número de animais observados.

Para que serve os censo ou levantamento aéreo de populações silvestres?

É uma ferramenta de grande utilidade em programas de conservação da biodiversidade, porque permite o monitoramento de populações a longo prazo e em vastas extensões, como no caso do Pantanal.

A Embrapa Pantanal adaptou e padronizou a metodologia do levantamento aéreo para as especificidades do Pantanal e vem constantemente monitorando as populações de diversas espécies no âmbito de um Projeto Ecológico de Longa Duração (Peld), apoiado pelo CNPq. O jacaré-do-pantanal (Caimam crocodilus yacare) que foi alvo de caça ilegal durante décadas, permaneceu durante vários anos na lista Norte-americana de espécies em extinção. A possibilidade da população de jacaré-do-pantanal ter sido super explotada gerou a demanda para que fosse desenvolvido um sistema de monitoramento para as populações de jacaré. A alternativa foi padronizar a metodologia do levantamento aéreo, tanto para jacaré quanto para outras populações que estão na lista de extinção como o veado campeiro (ozotocerus bezoarticus) e o cervo do Pantanal (Blastocerus dichotomus).

Os resultados do censo aéreo indicaram que a população de jacaré-do-pantanal não está ameaçada de extinção, como se pensava anteriormente, com uma população em torno de 3.900.000 animais, distribuídos em todo o Pantanal. Estes dados embasaram, em parte a retirada desta espécie da Lista Norte-americana de Espécies em Extinção, facilitando a exportação de produtos e sobprodutos do jacaré-do-pantanal e voltando a dar um impulso decisivo a esta atividade econômica.

Os levantamentos aéreos indicam que, em geral, os cervos do Pantanal e os veados campeiros ocupam áreas diferentes do Pantanal, informação fundamental para qualquer plano de conservação para estas espécies.

Guilherme de Miranda MourãoEnvie um email!
Pesquisador - EMBRAPA/CPAP

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

:. ARTIGOS RELACIONADOS

Artigos por assunto

Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
Copyright © 2000 - 2017 Agronline.com.br