Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
Melhoramento genético em peixes – uma revolução na aquicultura do Brasil

10/10/2008

:. Do mesmo autor
A utopia do repovoamento

Peixes Como Recurso Sustentável Do Pantanal

Considerações para definição de períodos de defeso de reprodução: o caso do Pantanal

Os Pulsos de Inundação e o Rio Taquari

Os Controles Geológicos e os Pulsos de Inundação no Pantanal

Estratégias para definição de Períodos de Defeso no Pantanal

Gestão sustentável de recursos pesqueiros - O caso do Pantanal

Capital natural: fonte de bens e serviços – o caso do Pantanal

Perspectivas da piscicultura em Mato Grosso do Sul

Estratégias reprodutivas dos peixes do pantanal

“Se nada mais for feito, a produção dobra após sete gerações!” Esta é a perspectiva quando se aplica melhoramento genético dirigido para peixes.

A pesca possui grande importância para a segurança alimentar do planeta, mas vem sendo insuficiente para atender à demanda mundial. Alguns estoques pesqueiros estão sob risco de esgotamento, particularmente aqueles de espécies de grande valor econômico como o salmão e o bacalhau. O cultivo surge como uma oportunidade para atendimento a essas necessidades. A aqüicultura mundial vem contribuindo com valores crescentes, com taxas superiores a 10% ao ano, tendo alcançado valores de 49 milhões de toneladas em 2001, gerando receitas da ordem de US$ 62 bilhões. Entretanto, essa produção é desigual no mundo. Os países asiáticos são os campeões. Na América Latina, o Chile é o principal produtor, com 631,9 mil toneladas, seguido pelo Brasil com 210 mil toneladas. E o Brasil possui 13% da água doce do mundo! O que falta ao Brasil? Como o país possui grande produção pecuária e aviária e tradição de consumo de carne desses animais, o consumo de peixes é baixo devido ao preço elevado dos mesmos, aliado à falta de produtos que cheguem quase prontos à mesa do consumidor, bem como a diversificação e oferta contínua para atendimento para todos os tipos de consumidores.

É sabido, entretanto, que a carne de peixes possui alta qualidade para a saúde humana, sendo indicada pelas organizações de saúde em todo o mundo como o tipo de alimento mais adequado considerando os aspectos da vida moderna.

Então, porque a produção de peixes é tão pequena no Brasil? Para as espécies exóticas, que já possuem tecnologias desenvolvidas, como a tilápia e o camarão Litopennaeus vannamei, a situação é bem diferente. Quando se trata de espécies nativas e o Brasil é o país de maior diversidade em peixes, a situação é bastante constrangedora. Nas estatísticas do Ibama de 2000, aparecem como principais espécies cultivadas a carpa e tilápia, espécies exóticas, perfazendo 65% do total. Dentre as espécies nativas, apenas o tambaqui aparece com algum valor significativo, da ordem de 7%, seguido pelo seu híbrido, o tambacu, com 6,5%. Por falta de tecnologias, muitos produtores tem optado pela hibridação de espécies, tentando ganhos maiores, mas que se mostra não permanente, pois há necessidade constante de efetuar essas hibridações, com ameaças ambientais desconhecidas, na medida em que muitos desses híbridos vêm se mostrando férteis e suas proles, ao escaparem para a natureza (e a literatura está cheia de exemplos), podem provocar grandes acidentes genéticos.

Como resolver esse problema? As commodities em que o Brasil é campeão de produção, estão relacionadas a produtos que tiveram tecnologias avançadas incorporadas em sua produção, como é, por exemplo, a soja. Nesse caso, o melhoramento genético foi o ponto chave, no processo de tropicalização dessa planta. Acreditamos e temos convicção de que o melhoramento genético também é a chave para o desenvolvimento da piscicultura com espécies nativas do Brasil, como o tambaqui, o pacu, o pintado e a cachara, dentre outras. Melhoramentos genéticos dirigidos efetuados com peixes têm mostrado um potencial de ganho na taxa de crescimento, em média, de 15% por geração, como foi observado na tilápia GIFT (Genetically Improved Farming Tilápia), salmão do Pacífico e do Atlântico, truta arco-íris e bagre do canal. É um ganho genético bem significativo comparando-se com animais terrestres, o que é possível pelo fato dos peixes apresentarem uma grande variação genética para taxa de crescimento e alta fecundidade, o que possibilita aplicar-se uma alta intensidade de seleção. É ainda um ganho permanente e pode ser aplicado por um grande número de gerações, diferentemente da hibridação.

Páginas: anterior 1 2 próxima Topo da página


Emiko Kawakami de ResendeEnvie um email!
Bióloga - EMBRAPA/CPAP
Ricardo Pereira Ribeiro Envie um email!
Professor - UEM
Ângela Puchnik LegatEnvie um email!
Pesquisadora - EMBRAPA/CPAMN
Celso BenitesEnvie um email!
Professor - UFMS

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

  • Pojetos aprovados
    A Associação tem por objetivo promover ações de apoio à toda comunidade carente,especialmente.Sensibilizar a sociedade civil, organismo governamentais e não - governamentais, nacionais, internacionais, estrangeiros e multilaterais, no sentido de criar instrumentos que viabilizem programas educacionais para a promoção de qualidade de vida das famílias de baixa renda,visando ao desenvolvimento sustentado. Manter convênios com entidades de ensino para proporcionar trabalhos de coordenação e alfabetização de toda comunidade carente. Conjugar esforços para implementação de programas que visem à geração de empregos e autônimos e renda em nível rural e urbano. Apoiar ações de prevenções de doenças e programas conjugados de educação de base, e habitação. Fomentar formas alternativas de atendimento à infância e ao adolescente, buscando a maximização de recursos humanos e materiais. Fomentar ações e parcerias com programas voltados aos grupos mais vulneráveis da população, objetivado a defesa dos direitos sociais. Estimular a população de baixa renda por intermédio de programas sociais voltados ao seu alto - sustento. Fomentar estudos e pesquisas referentes a programas social e baixo custo financeiro.
    Francisco José de Santana - 05/06/17 01:25

  • Projeto Turismo Sustentável Rural
    A Empresa ACEJA Eunápolis Associação Comunitária Educacional Joana de Angelis,relativa a investimentos em atrativos turísticos com destaque para a construção de um Hotel fazenda rural e de um parque aquático, além de casas e armazém para nossos agricultores familiar, plantações de cereais, legumes, frutas e flores,criação de peixes, Industrializar as águas Termais, medicinal, e águas potável de Caldas de Cipó, Atenciosamentew, Francisco José de Santana, Diretor Presidente.
    Francisco José de Santana - 23/10/14 21:19

  • projeto turismo sustentável rural
    A Empresa ACEJA Eunápolis Associação Comunitária Educacional Joana de Angelis,apresentamos uma visão geral, altamente lucrativo a criação em grande quantidade em-peixes uma revolução-aquicultura-brasil.
    Francisco José de Santana - 07/04/14 22:48

  • :. ARTIGOS RELACIONADOS

    Artigos por assunto

    Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
    Copyright © 2000 - 2017 Agronline.com.br