Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
O cafezinho nosso de cada dia

23/10/2005

:. Do mesmo autor
Biodiesel - uma reflexão tecnológica.

O Brasil é um dos maiores produtores mundiais de café, mas o brasileiro, na maioria, não toma o melhor, isto é do conhecimento de todos. É coisa do passado aquele cafezinho feito de grãos conhecidos, torrado e moído em casa. Hoje temos as indústrias de torrefação que cuidam dessa tarefa, mas nem sempre sabemos o que tem dentro daquele saquinho ou daquele tijolo retangular, a embalagem do café a vácuo.

Realmente, o que tem dentro daquelas embalagens? A resposta para isto seria simplesmente, café. Parece fácil esta resposta. Mas será que é só café. De que tipo? Alguns expressam 100% arábica, outros nem isso afirmam. Você já se questionou: por que para certas marcas o pó rende e para outras não? Também já se perguntou como foi torrado, qual o processo usado, qual a qualidade do grão? Isto geralmente não passa pela cabeça das pessoas. Simplesmente temos a atitude mecânica de comprar num supermercado ou na padaria ou na mercearia aquele produto de uma marca que acostumamos, ou confiamos ou ainda pelo preço mais acessível. Isto não quer dizer que estamos tomando um café com qualidade. Tomamos apenas café, uma bebida escura com sabor e aroma variados.

Começando pelo grão, há diversas variedades de cultivares e as pesquisas em melhoramento genético buscam culturas resistentes às pragas, ao clima, e um nível ótimo de produtividade. Até aqui tudo bem! Mas na hora da colheita começa o dilema para aquele que vai beber o produto. Há várias maneiras de colher, seja mecanizada, seja manual, desde os grãos maduros, secos, verdes retirados no pé àqueles colhidos no chão onde já sofreram os ataques de insetos (broca), já degradaram pela umidade, pelos processos de secagem e de armazenamento. Sem falar da presença de fungos causadores de doenças. Mas podemos ainda justificar, por tudo isto os outros alimentos também podem sofrer. Correto! Talvez em grau maior ou menor. Como o nosso assunto é café, não vamos entrar neste mérito. A verdade é que a maioria do povo brasileiro não bebe um café cujo grão seja de boa qualidade, embora existam no mercado produtos de alta qualidade, mas que não estão acessíveis a grande parte da população.

Nas regiões brasileiras onde o café é cultivado ainda se podem encontrar melhores condições na qualidade da bebida, porém, isto não pode ser dito para as outras regiões. Mesmos assim, há um volume considerável de grãos de qualidade inferior circulando nas regiões produtoras e que se dissipam para as demais regiões. Os grãos que chegam para esta maioria são quebrados, brocados, ardidos, murchos, e logicamente, uma parcela de grãos intactos e de boa aparência. O preço é a definição. Além disso, a maioria dos cafés é composta de misturas de variadas espécies. Estas misturas são as blendas que servem para dar características diferenciadas às bebidas conforme o paladar do consumidor. A formação de blendas é um processo rotineiro em todas as torrefações nacionais e internacionais, mas o consumidor nem sempre é informado desta composição.

Páginas: anterior 1 2 3 próxima Topo da página


Washington Luiz de Barros MeloEnvie um email!
Pesquisador - EMBRAPA/CNPDIA

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

  • Cafe
    Tenho 60 anos e não consigo ficar sem o cafe, meus avos produziam muito cafe na decada de 50, chegava na fazenda deles era carro de boi dia todo chegando da lavoura com cafe, meu pai contava que os pais deles chegou entregar cafe na Casa Teles, onde o caxeiro era nada mais que: Artur Bernardo onde ele ajudava carregar sacos de cafe, mais tarde este caxeiro viria a ser PRESIDENTE DO BRASIL, e hoje o local onde trabalhou este ilustre presidente na epoca era caxeiro hoje esta nas mãos de poderosos e derrubou tudo, depois de muita briga na justiça, meu pai passava enfrente quando era vivo ate janeiro de 2008 olhava e dizia não concordo com eles derrubar esta casa mas isto e dinheiro, chamei ele e disse meu pai vou levar o senhor para conhecer a Casa onde ele morou em Viçosa, ao chegar novamente dizia porque não conserva a Casa Teles onde ele Trabalhou? (Cafe a melhor bebida do mundo) Desculpe pelo comentario mas doi quando nos passamos enfrente na praça 28 de Setembro e ver o terreno limpo sabendo que nunca mais tera aquele símbolo onde qualquer pessoa que tinha conhecimento da historia dizia! (Ali trabalhou de caxeiro Artur Bernardo) Chegou a Presidente do Brasil, Parabens Viçosa pelo reconhecimento onde hoje tem a casa de Artur Bernardo, quem nunca visitou deve fazer uma visita. Lourival
    Lourival Ferraz e Silva - 24/04/09 12:34

  • Esclarecedor
    Parabéns Sr. Washington Luiz pelo seu artigo esclarecendo a população sobre o nosso cafezinho de cada dia. Lendo seu artigo fica fácil entender a variedade de café expostos nos supermercados com suas variações de preços e o motivo dessas variações. Obrigado.
    Luiz Carlos de Araújo - 20/11/05 10:21

  • :. ARTIGOS RELACIONADOS

    Artigos por assunto

    Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
    Copyright © 2000 - 2017 Agronline.com.br