Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
O cupuaçu: usos e potencial para o desenvolvimento rural na Amazônia

03/04/2006

O cupuaçu (Theobroma grandiflorum) é uma espécie nativa da Amazônia e pertence à mesma família do cacau (Theobroma cacau), espécie da qual se obtém o chocolate. Ao contrário do cacau que é cultivado em diversas partes do mundo, o cupuaçu está em processo de domesticação e seu cultivo é restrito aos estados da região norte e alguns países que fazem parte da Amazônia. E, em decorrência desse processo recente, pode ser encontrado em estado silvestre, no interior das florestas, em pomares caseiros e em plantios comerciais. Desenvolve-se bem em solos pobres, pode ser cultivado em plantios homogêneos ou em consórcio com outras espécies, em sistemas agroflorestais.

A polpa do fruto, com aroma e sabor característicos, é o principal produto obtido, sendo largamente utilizada no preparo bombons, musses, sorvetes, sucos e refrescos. Apesar de ser o produto mais valorizado, não é o único. Das sementes podem-se obter o cupulate e a manteiga de cupuaçu. O cupulate é um produto semelhante ao chocolate, porém com menor concentração do estimulante cafeína; a manteiga é similar à de cacau, com a vantagem de ser obtida por um processo mais econômico, e pode ser empregada na produção de cupulate em tabletes e na industria de cosmético.

Pesquisas recentes têm demonstrado a possibilidade de obtenção de novos produtos, ampliando o leque dos já existentes e contribuindo para o aproveitamento mais eficiente do fruto do cupuaçu. Das sementes processadas pode-se produzir uma bebida com teor de proteína semelhante ao de um achocolatado formulado com leite de vaca. Esta bebida apresenta a vantagem de possuir um custo de produção inferior ao do achocolatado convencional e poder ser comercializada em forma de pó. Os benefícios dessas pesquisas vão além do lançamento no mercado de novos produtos e se estendem por toda a cadeia produtiva: o produtor terá mais uma fonte de renda com a comercialização das sementes que, atualmente, são descartadas; o consumidor contará com uma fonte de proteína de alta qualidade a preços acessíveis; os programas oficiais de combate à fome e à miséria e da merenda escolar poderão ofertar uma dieta saudável e diversificada; e os vegetarianos, que normalmente possuem poucas opções de fontes de proteínas de origem vegetal, contarão com alternativas para uma alimentação equilibrada.

A casca de cupuaçu, que normalmente é descartada e usada como adubo, pode ser aplicada na geração de energia. Um projeto que utiliza a casca como fonte de biomassa para produzir energia está em fase de teste em uma comunidade do Amazonas. Ao ser submetida a um processo de queima incompleta, produz um gás, ao invés de fumaça. Este gás, ao ser misturado a motores movido a diesel, pode reduzir o consumo de diesel em até 80%. A energia gerada é utilizada para alimentar uma agroindústria de processamento do fruto que, antes, era vendido in natura. Os custos ainda são superiores aos geradores que usam apenas o diesel como combustível, mas compensa por utilizar matéria prima em abundância, proveniente da atividade econômica da região, e pelos benefícios sociais e ambientais gerados.

Os exemplos relacionados anteriormente servem para ilustrar o potencial de aproveitamento, a versatilidade de produtos e usos alternativos que o cupuaçu apresenta. Estas características, aliadas ao sabor forte e agradável e à facilidade de industrialização do fruto têm contribuído para a difusão do consumo, ampliação e abertura de novos mercados para uma espécie nativa da Amazônia. A exemplo do guaraná, da castanha e do açaí, que são reconhecidos como produtos típicos da Amazônia, consumidos em todo o Brasil e exportados para diversos países, o cupuaçu tem o potencial de alcançar status semelhante.

No entanto, a realização desse potencial só será possível com o avanço das pesquisas sobre a espécie, a transferência dos resultados e capacitação do produtor, e a adoção de políticas que estimulem o cultivo de cupuaçu. Através da oferta de materiais mais produtivos e resistentes a doenças, principalmente à vassoura-de-bruxa; do plantio e manejo seguindo as recomendações para a cultura; e da existência de uma infraestrutura adequada para o beneficiamento dos frutos pode-se ampliar a área cultivada, aumentar a produção, colocar no mercado produtos diferenciados, capazes de atender a demanda por produtos da Amazônia.

Existem ainda os benefícios sociais e ambientais associados e, entre esses, podem ser citados: a geração de empregos e utilização da mão-de-obra familiar; a geração de riqueza e desenvolvimento do meio rural; e a exploração sustentável da biodiversidade da Amazônia.

Paulo Emílio KaminskiEnvie um email!
Pesquisador - EMBRAPA/CPAFRR

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

  • Gostaria de saber o tempo que leva para que a árvere do cupuaçu produza frutos.
    O artigo a respeito do cupuaçu que li é muito importante principalmente quanto ao uso medicinal, suas qualidade relativo as vitasminas descritas. Eu plantei dois pés um próximo do outro, já se faz aproximadamente nove anos e até agora nada de frutos. gratos e aguardo respostas.
    Waldemar Sancha Bandeira - 2º ten da PM - 01/04/13 20:40

  • Cupuaçu
    gostaria de obter informoções sobre o cultivo e manejo do cupuaçu, pois tenho uma pequena propriedade e nela tenho mais de oitenta pés de cupuaçu, só que nem todos estão dando frutos, mesmo assim tenho conseguido tirar bastante polpa dessa fruta, minha pergunta é como posso comercializa-lá, pois eu já procurei alguam cooperativa perto da minha propriedade que fica nas proximidades da cidade de Vigia-Pa, e ainda não consegui. Aguardo informações.
    Semeão Almeida - 14/06/11 14:00

  • cupuaçu
    adorei a matéria do cupuaçu aprendi demais valeu gente.Que Deus abençoe o seu trabalho.
    Luydi Adriel - 29/04/11 10:27

  • Aquisição de chocolate em pó
    Gostaria de elogiar a elaboração deste trabalho e se possível gostaria de receber referência de cooperativas que possam produzir chocolate en pó desta procedência para o Estado de São Paulo. Ronldo Sposito
    Ronaldo Sposito - 20/09/10 17:19

  • cadeia produtiva do cupuaçu
    Gostaria de receber dicas de trabalhos recentes sobre a cadeia produtiva do cupuaçu no Amazonas. E em Presidente Figueiredo, há associação da econômia do cupuaçu? onde posso obter contatos e informações?
    MARICLEIDE - 23/07/10 14:45

  • cupuaçu
    as coisas que vc fala e muinto legal
    elisandra - 18/11/09 15:56

  • Cupuaçu
    Eu gostaria de mais informações sobre os usos do cupuaçu pois eu fasso parte de uma cooperativa em andamento, e por isso nessecito de mais informações. Me enviem alguns sites sobre o assunto.
    João Lucas da Silva Ramos - 12/07/09 17:28

  • Cupuaçu
    Eu gostaria de mais informações sobre os usos do cupuaçu pois eu fasso parte de uma cooperativa em andamento, e por isso nessecito de mais informações. Me enviem alguns sites sobre o assunto
    João Lucas da Silva Ramos - 12/07/09 17:28

  • O CUPUAçU: USOS E POTENCIAL PARA O DESENVOLVIMENTO RURAL NA AMAZôNIA
    As informações são ótimas para nós,que consumimos cupuaçu e não sabemos quantas outras vantagens ele oferece .E vários outros benefícios para o comércio e para a saúde.
    pierina gilli da silva moreira - 12/05/09 00:13

  • cupuaçú
    gostaria de comprar mudas?
    jorge leite - 24/03/09 10:33

  • cupuaçu
    MORO NO PARANA UMUARAMA, MOREI UM TEMPO EM SINOP-MT E LA CONSEGUI UMA MUDA DE CUPUAÇU, QUANDO CHEGUEI AQUI PLANTEI NO SOLO, JA FAZ TRÊS ANOS, ELE CRESCEU E JA MEDE 1,60M, AGORA COMEÇOU A FLORECER,MAS AS FLORES CAEM. SERA QUE TEREMOS O PRAZER DE VÊ-LO DAR FRUTOS, O QUE DEVEMOS FAZER PARA QUE ISTO ACONTEÇA. DESDE JA AGRADEÇO PELA ATENÇÃO.
    Marlene Sanavio - 15/12/08 21:52

  • cupuaçu
    Quero obter mais informações, sobre o cupuaçu. tenho uma area de terra no estado do Para. sonho em desenvolver um projeto para o cultivo do cupuaçu e a Açai. gostaria de obter informações sobre essas culturas. Atenciosamente. Jurandir V. Cantóia. e-mail comercial@cantoiapr.com.br fone 041 - 3077-3450
    Jurandir Cantóia. - 20/02/08 13:22

  • :. ARTIGOS RELACIONADOS

    Artigos por assunto

    Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
    Copyright © 2000 - 2017 Agronline.com.br