Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
Paisagismo Urbano: Solos x Vegetação

28/10/2002

:. Do mesmo autor
Efeitos da vegetação no ambiente urbano

O meio urbano caracteriza-se por determinadas transformações ambientais provocadas pelo rápido crescimento e pela falta de planejamento, as quais degradam a qualidade de vida dos seus usuários. A paisagem, resultante da combinação dinâmica de elementos físico-químicos, biológicos e antrópicos em constante evolução, é consideravelmente afetada pelo desenvolvimento urbano acelerado. A negligência de fatores ambientais importantes ao bem estar do homem torna as cidades cada vez mais artificiais, fato este que implica na redução do desempenho nas atividades diárias da população.

A paisagem urbana, quando bem estruturada, com a presença ordenada de elementos naturais como a vegetação, proporciona inúmeros benefícios à comunidade, os quais vão muito além dos seus custos de implantação e manutenção. Os parques, praças e outros tipos de áreas verdes, juntamente com uma adequada arborização de ruas colaboram com a melhoria da qualidade do ar, redução da poluição sonora, redução do consumo de energia e aumento do conforto térmico nos centros urbanos, sem considerar os benefícios estéticos e psicológicos que a paisagem natural promove nas pessoas.

Inúmeras pesquisas conduzidas em diversos locais têm mostrado que espécies vegetais, quando plantadas no meio urbano, apresentam um desenvolvimento muito aquém do seu potencial biológico. Tal fato ocorre devido às condições inadequadas dos locais de plantios, principalmente relacionadas ao solo. O manejo incorreto do solo nas áreas urbanas, onde ocorrem obras de engenharia, proporciona um ambiente causador de estresse e limitações ao desenvolvimento das plantas.

Os solos urbanos são caracterizados pela alteração antrópica resultante do processo desorganizado de urbanização. Estes, geralmente apresentam ausência das camadas superficiais (horizontes A e B) e presença de muitos materiais não pedogenéticos como restos de tijolos, concretos, madeiras, plásticos, borrachas, vidros, pedaços de ferros, restos de pavimentos entre outros que são depositados no solo durante as obras de construções ou ocupação do terreno. A introdução destes materiais no solo provoca modificações nas suas propriedades morfológicas, físicas, químicas e biológicas, comprometendo, desta forma, sua capacidade de suportar o desenvolvimento da vegetação.

Outro fato freqüente relacionado ao solo em áreas urbanas é a existência de encanamentos de redes sanitárias e hidráulicas e cabos subterrâneos das redes elétricas, as quais causam impedimento ao plantio da vegetação, pois a presença de raízes oferece riscos de danos a estas redes, tornando tais locais impróprios para este propósito.

Páginas: anterior 1 2 próxima Topo da página


Fabrício de Araújo PedronEnvie um email!
Paisagista - Autônomo

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

  • calcadas urbanas
    Ola meu nome e Jeferson, moro na cidade de BRUSQUE-SC, como todas ou a maioria das cidades de nosso Pais, passan por um verdadeiro descaso as nossas vias publicas em especial nossas calcadas... Estou implantando um projeto de artefatos de cimento, o qual esta direcionado a calcadas de nossa cidade, a vontade do poder publico seria faser as mesmas com ciclovia, mas encontramos muitos obstaculos, postes, arvores, etc... Queria alguma ideia ou esperiencias para poder agregar conhecimento na pratica. Desde ja agradecido, Jeferson Conde.
    Jeferson F. Conde - 14/12/09 01:22

  • visita agendada
    Somos da Secretaria de Meio Ambiente de Guarulhos, e gostariamos de agendar uma visita monitorada ao Borboletário. Sendo possivel, nosso contato é 2482-1667 / 2468-9973 Bosque Maia falar com Luiz, ou através do e-mail acima obrigado.
    Luiz Dom Pedro - 07/10/09 09:02

  • poluiçao rural
    Tb estou fazendo um trabalho sobre poluição rural e não estou encontrando nada sobre esse assunto. Seaá q vocês poderiam me ajudar???
    carolina santos - 15/09/09 06:23

  • corte de arvores
    comprei um terreno no jardim turbi. tem uma árvore no cento do mesmo,gostaria de saber se a prefeitura derruba e se tem alguma taixa pois o mesma ja foi podado atenciosamente
    dilson angelo de santana - 11/03/09 09:02

  • Retificação de data de inauguração do borboletário em Osasco
    Desculpe-me errei na data prevista para a inauguração do Borboletário de Osasco, o qual é 23/11/2008.
    Roberto Maia Ferraz Demunno - 05/11/08 20:31

  • BORBOLETÁRIO EM OSASCO
    Dando andamento ao principal foco que é a Educação Ambiental, a Secretaria de Meio Ambiente de Osasco encontra-se em fase final de construção do 1º Borboletário da região Oeste de São Paulo, o qual esta agendado para inauguração em 23/10/2008 próximo.É composto de um jardim climatizado de 120 m2 e um pulpário/laboratório de 30 m2, com muitas plantas e flores.
    Roberto Maia Ferraz Demunno - 29/10/08 09:34

  • BORBOLETÁRIO EM OSASCO
    Dando andamento ao principal foco que é a Educação Ambiental, a Secretaria de Meio Ambiente de Osasco encontra-se em fase final de construção do 1º Borboletário da região Oeste de São Paulo, o qual esta agendado para inauguração em 23/10/2008 próximo.É composto de um jardim climatizado de 120 m2 e um pulpário/laboratório de 30 m2, com muitas plantas e flores.
    Roberto Maia Ferraz Demunno - 29/10/08 09:33

  • poluição sonora no ambiente rural
    BOM DIA, ESTOU FAZENDO UM TRABALHO SOBRE POLUIÇÃO SONORA NO AMBIENTE RURAL E NÃO ESTOU ACHANDO PRATICAMENTE NENHUMA MATERIA SOBRE ISTO!! PODE ME AJUDAR?!!
    GABRIELE - 18/09/08 11:24

  • Poda e corte de árvores
    É lamentável que hoje em dia se faça tanto pedido para poda e corte de árvores, não estamos falando não de cabelo ou unha e sim de um bem muito necessário a qualidade de vida hoje e principalmente amanhã, quando nossos filhos ou filhos de nossos filhos irão necessitar muito.Vamos para de ser egoístas e fazer algum sacrifício pelas gerações futuras.Folhas de árvores não é sujeira e sim uma manifestação de renovação da vida, vamos respeitá-las. Seja conciente para o hoje e ao amanhã, plante e cuide das árvores.
    Roberto Maia Ferraz Demunno - 30/08/08 12:32

  • Plantio de árvores em Osasco/SP
    Hoje 27/08/2008, a Secretaria de Meio Ambiente da Cidade de Osasco já plantou mais de 25.000 árvores e cumprirá a sua meta de plantar 30.000 novas árvores em toda a cidade.Além do plantio em si colocamos gradis para a proteção contra o vandalismo, tutor e o mais importante amor e tratos culturais constantes e adequados a cada novo ser plantado.A SEMA executa podas de formação e limpeza, faz o controle fito-sanitário de todas elas, adubação de desenvolvimento a cada 6 meses e quando necessário a substituição de mudas mortas. Nosso indice de perda esta bem abaixo de 10% , percentual este muito normal de acontecer, mas com o tratamento dispensado em Osasco o indice é baixíssimo.Plantamos árvores adequadas a cada local, levando-se em consideração as interferências aéreas e subterrâneas, bem como a largura da calçada, a aproximação de esquinas e postes, tipo de arquitetura em sua volta, tamanho da rua/av., tipo de tráfego,etc. Não basta plantar, necessário é plantar com conhecimento e responsabilidade.
    Roberto Maia Ferraz Demunno - 28/08/08 07:39

  • Calçadas Urbanas
    Ou a humanidade muda os conceitos de prazer e conforto ou logo logo não haverá mais vida em nosso planeta.As calçadas hoje em dia nas áreas públicas são um verdadeiro desrespeito a comunidade em geral, tornando-se um grande perigo e desafio as pessoas sem restrição física, imagine os que as portão.Vamos retroceder e modificar a forma das calçadas como antigamente era, calçadas ajardinadas e arborizadas com espécies que tragam beleza e soluções e não problemas e sofrimento.Jamais o Poder Público conseguirá criar sistemas de drenagem superficial e ou profunda para captar toda a água das chuvas, o que seria fácil quando da volta das calçadas ecológicas, auxiliando também na revitalização dos lençois freáticos em geral.Vamos fazer hoje tudo que for possível fazer para recuperar o meio ambiente para as gerações futuras que nada fizeram de mal para não tê-lo.
    Roberto Maia Ferraz Demunno - 28/08/08 07:29

  • Poluição sonora no meio ambiente
    Boa tarde! Faço Faculdade em Vitória/ES. Materia: Aspectos Ambientais Estou fazendo um trabalho de poluição sonora no meio ambiente: Plantas , animais, etc. Li sua materia gostei muito, gostaria de mais conteúdo no meu trabalho. Será possível me forncer mais detalhe desse tipo? Desde já agradeço.
    Aguinaldo de Paula - 25/08/08 12:06

  • meio ambiente urbano
    como diretor de meio ambiente da cidade de osasco, estamos desde 2005 plantando arvores de acordo com as condiçoes de interferencias aereas e subterraneas, bem como introduzindo especies nativas e frutiferas com vista a recomposiçao da avifauna. plantamos ate esta data 10.000 novas arvores no municipio. Outra coisa muito importante e a concientizaçao da populaçao para olhar o meio ambiente com outro olhar.
    roberto maia ferraz demunno - 31/12/06 12:23

  • areas verdes urbanas
    ideal ao meu ver e reverter a pratica de construçao de calçadas ecologicas que alem de contribuir com o aspecto visual propicia a penetraçao das aguas de chuvas e outras por acaso existente.
    roberto maia ferraz demunno - 31/12/06 12:17

  • Paisagismo urbano: solos x vegetação
    Oi, meu nome é Marione, sou gaúcha e estudante de Arquitetura e Urbanismo e gostei do seu artigo, como também compartilho das idéias. Como defensora da natureza que sou, entrei na Arquitetura com a intenção de me especializar em Arquitetura Ecológica, me preocupando não só em arborizar as cidades e casas esteticamente, mas também valorizar a vegetação como um bem natural que é sua verdadeira função.
    Marione Cristina Richter - 19/10/04 15:49

  • :. ARTIGOS RELACIONADOS

    Artigos por assunto

    Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
    Copyright © 2000 - 2017 Agronline.com.br