Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
Pastagens com baixa produtividade, só adubo resolve o problema ?

17/09/2006

:. Do mesmo autor
Capim milagroso ou planejamento alimentar para o gado?

Confinamento de Cordeiros - uma alternativa na ovinocultura

Vários produtores buscam informações para a adubação das pastagens, com o intuito de reformar ou aumentar a produção forrageira, poucos entretanto, têm demonstrado uma preocupação sistêmica para resolução de suas ansiedades.

Se buscarmos aumentar a produtividade de nossas pastagens ou sua recuperação, sem dúvida a fertilização deve ser utilizada, porém, não podemos entender que apenas essa prática resolverá todos os problemas da alimentação do rebanho, o que em muitos casos, a mim relatados, vem frustrando muitos produtores, pois entendem que apenas com a adubação de suas pastagens, teriam resolvido seus problemas.

É indispensável que os produtores entendam, que vários fatores determinam o aumento da produtividade das pastagens, tais como: nutrição da planta, combate a invasoras, respeito ao ciclo da forrageira utilizada, estacionalidade da produção (verão e inverno), momento correto da utilização, tempo de ocupação entre outros.

Primeiramente, é importante a definição por parte do produtor, juntamente com o técnico, de qual será a produção de carne (kg de peso vivo/ha e por animal) que acham conveniente para seu sistema de produção. Institutos de pesquisa e extensão podem orientar nesse sentido, colaborando com um índice médio da região correlacionados ao sistema de produção a ser utilizado.

Após definição da produção e produtividade esperada, é importante um levantamento cuidadoso das áreas efetivas das pastagens e das divisões existentes para definição do manejo das pastagens, além de um planejamento para o controle das plantas não desejáveis dentro das pastagens.

O que é uma pastagem bem manejada ? Bem poderíamos dizer o manejo das pastagens, está ligado ao planejamento e gestão da forragem necessária, no intuito de se obter o máximo de produtividade animal ou por área. E deve também buscar a perenização da pastagem.

Um segundo passo poderá ser a redivisão em pastos menores e o controle da quantidade de animais para não haver excesso de pastejo, prejudicando o desempenho animal e a sobrevivência da espécie forrageira.

Após essas medidas, que podem ser efetuadas concomitantemente, ou em vários anos, principalmente devido à manutenção de fluxos de caixa positivos e sempre priorizando o aumento da capacidade de lotação das pastagens com o incremento de animais no sistema, é que devemos considerar uma maior intensificação na reposição de nutrientes.

É importante dizer que possíveis utilizações de fertilizantes nas primeiras etapas, devem ser direcionadas por técnicos experientes na região, sempre privilegiando a economicidade do sistema.

É essencial um planejamento físico financeiro de toda a atividade, com cronogramas de execução bem definidos, controle rígidos das operações e análises, constantes, dos eventos comparando o planejado com o executado.

Amaury Burlamaqui BendahanEnvie um email!
Pesquisador - EMBRAPA/CPAFRR

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

  • Adubação de pastagens?
    Não se pretende falar propriamente em adubação de pastagem, pois a matéria vista tratou bem do assunto, haja vista, sua complexidade. Apenas desejo abordar uma questão adjacente ou correlata ao tema, em pauta. O solo é como um banco ou uma conta bancária. O que entra e o que sai - fluxo de caixa - precisa ser visto, compreendido e respeitado. A sociedade urbana, saca diariamente na conta da terra e não está disposta a fazer nenhum depósito. Ora, o agricultor é apenas o caixa, retira do solo o recurso e repassa ao sacador (homem da cidade). Lamentavelmente, quando o saldo acaba ou diminui irremediavelmente o sacador fala que o caixa (agricultor) roubou o dinheiro. Assim, querem oxigênio e automóveis, água e alimento, mas não querem depositar esforços no campo para compensar suas pegadas ecológicas - ainda assim são ambientalistas, serão?
    Gessé Antônio de Souza - 12/01/12 14:28

  • reflecção
    Cavelheiros...é com satfação poder está dividindo algo, muita gente se encontra pra pedir auxílio ao moderador, e aqui ficamos sem trocar umas experiências, pois bem, acredito que com amor e compaixão assim referida, conselho seguir os passos de princípios bíblicos, pois com amor e dedicação para com a vida em seu deleite o menor fragmento os fará sábios e coêrentes em convio social, com o cuidado estremo ao olhar para uma empresa nascendo, suas mãos o cuidado de projetar, encarar as dificuldades e dissolve-las em beneficios, Senhores, estou na idade de 34 anos, minha vida é aprender fazer bem às passoas, entende-las e cuidá-las, em dizer que no exterior existem campeonatos de Pastorío, olha, nem sei se é desta forma em que é conhecido, enfim...sensibilizando com as escolhas e fazendo delas um ritual, traçaremos projetos onde o tratamento do rebanho se agregue nas distribuições das "alas", como numa empresa, simulando o quadro de funcionários, com isso saberão remanejar o rebanho com auxílio dos resultados rotineiros, doenças etc.. rsrsrs...acho que foi pensando que era um cordeiro á frente de uma mulher é que fui parar aqui, queria saber mais sobre cordeiros e ter a idéia de imáculação na reflexão!Talvez seja tolo, mas digo com a segurança de que não os conhêço-os.rsrsrs desculpem o despojar!!!
    samuel - 07/01/11 02:44

  • :. ARTIGOS RELACIONADOS

    Artigos por assunto

    Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
    Copyright © 2000 - 2017 Agronline.com.br