Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
Pesquisa Agropecuária em Rondônia

20/02/2002

:. Do mesmo autor
O agronegócio no Amapá

Agricultura itinerante na amazônia

Pesquisa agropecuária no Amapá

Tecnologias para o agronegócio do Amapá

Sistemas produtivos do Amapá

A Embrapa Rondônia e o Desenvolvimento Sustentável

No processo de desenvolvimento sócio-econômico, além da disponibilização de soluções tecnológicas geradas e/ou adaptadas pela ação de pesquisa, torna-se necessário a existência de fatores igualmente essenciais tais como legislação adequada e investimento em infra-estrutura de produção e comercialização já instalada, e mão-de-obra habilitada, entre outros. Logo, o processo de desenvolvimento coloca diante das organizações de ciência e tecnologia não só demandas de natureza tecnológica, mas também demandas políticas, econômicas e administrativas, imediatas e futuras. A ação de pesquisa e desenvolvimento se encarrega de criar ou adaptar produtos e processos bem acabados para dar respostas aos problemas tecnológicos do desenvolvimento sócio-econômico.

O Processo de Desenvolvimento social e econômico, em qualquer situação ou época, se faz pela sinergia que se estabelece a partir da conjunção de mudanças tecnológicas e mudanças político- institucionais. Sem novas tecnologias, os sonhos de superação de limitações materiais e psicossociais de tornam tão difíceis, quando não impossíveis, gerando frustração; sem vontade e mecanismos políticos, as tecnologias não são apropriadas pelos potenciais beneficiários e não cumprem o seu objetivo, a sua razão de ser. Historicamente, a contribuição das instituições de Ciência e Tecnologia, por meio de ações de Pesquisa e Desenvolvimento, tem se tornado essencial para determinar a direção e o ritmo do desenvolvimento social e econômico de qualquer região, estado ou do País, seja porque resolvem problemas da base tecnológica já instalada, seja porque cria novos conhecimentos e tecnologias que rompem e reestruturam essa base tecnológica e a partir dos quais novas formas de desenvolvimento e novos negócios se tornam possíveis.

A interação com os diversos segmentos componentes do setor primário estadual permitiu o estabelecimento de uma visão bastante aproximada da configuração do ambiente externo, levando à definição de estratégias conjuntas para a execução das diretrizes formuladas pelas instituições federais, estaduais, municipais, as quais demandam resultados de ações de pesquisa e desenvolvimento. Os diversos segmentos da sociedade estadual estão convictos da importância da Embrapa Rondônia, a quem debitam o mérito pelos resultados obtidos até o momento, os quais forneceram o respaldo necessário para o estabelecimento de práticas e processos que viabilizam o desenvolvimento sustentável do estado. A definição das prioridades de atividades e estratégias de pesquisa e desenvolvimento da Embrapa Rondônia estão aderentes, articuladas e consistentes com as prioridades dos governos federal, estadual e municipais, em relação à política de desenvolvimento sustentável para o estado. Nelas estão inseridas os aspectos econômicos, socioculturais, ambientais e político-institucionais da esfera federal, além das necessidades e demandas do estado e dos municípios. As necessidades dos mercados locais consumidores de alimentos e produtos agrícolas, agropecuários, florestais e agroflorestais, além das demandas tecnológicas serão atendidas de forma articulada e consistente, através de parcerias com instituições e órgãos estaduais e municipais, vinculados ao setor primário. Ademais, as ações de pesquisa serão priorizadas e executadas de acordo com a capacidade institucional estabelecida na Embrapa Rondônia. A seguir são apresentadas as demandas de pesquisa identificadas quando da elaboração do II Plano Diretor da Embrapa Rondônia:

1. CARACTERIZAÇÃO E UTILIZAÇÃO DE RECURSOS NATURAIS

- estudo e monitoramento de impactos ambientais, inventário dos recursos naturais e zoneamento agroecológico; desenvolvimento e/ou adaptação de sistemas de manejo e conservação de solos; desenvolvimento e/ou adaptação de sistemas de produção direcionados à recuperação da produtividade em áreas degradadas ou em processo de degradação;

Páginas: anterior 1 2 próxima Topo da página


Newton de Lucena CostaEnvie um email!
Pesquisador - EMBRAPA/CPAFRO

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

:. ARTIGOS RELACIONADOS

Artigos por assunto

Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
Copyright © 2000 - 2017 Agronline.com.br