Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
Plantas de no-de-cachorro na região da Nhecolândia, pantanal

03/08/2006

:. Do mesmo autor
Canteiros de plantas medicinais para multiplicação

Doação de mudas de plantas medicinais e condimentares

Cumbaru no pantanal

As Plantas Medicinais do Pantanal

As plantas medicinais são amplamente utilizadas pela população. Entretanto, considerando-se a vasta diversidade vegetal brasileira poucos estudos científicos foram conduzidos. A população indígena também utilizou e ainda utiliza a flora brasileira para a cura de males e em rituais. Porém, tal conhecimento vem sendo perdido ao longo do tempo, por perda de cultura e exploração inadequada de espécies, algumas com processos de extinção adiantados. Várias espécies de plantas brasileiras já possuem uso terapêutico cientificamente comprovado, mas para muitas outras, este potencial ainda precisa ser estudado. No Pantanal, muitas plantas nativas são conhecidas por apresentarem potencial medicinal. Estudos científicos recentes reforçam esta hipótese e atualmente muitas dessas espécies têm sido objeto de estudo para a produção de fitoterápicos através da exploração racional. O Nó-de-cachorro (Heteropterys aphrodisiaca O. Mach.) é uma destas espécies que se destaca pelo efeito estimulante. De acordo com a sabedoria popular local, o consumo é feito na forma de um preparado, chamado: “garrafada de nó-de-cachorro”.

Em 2004, a Embrapa Pantanal adotou mais uma linha de pesquisa que visa explorar de forma racional as espécies vegetais regionais, que algumas vezes vêm sendo utilizadas de maneira inadequada. O objetivo é propagar e formar mudas dessas espécies para que venham suprir as demandas da população local e no futuro da indústria de fitoterápicos. No caso do Nó-de-cachorro, o projeto já está em andamento. Inicialmente, foram identificadas na região da Nhecolândia sete manchas de ocorrência da planta numa área de mais ou menos 4.000 ha, na fazenda da Embrapa Pantanal. Estas manchas foram marcadas e serão acompanhadas com o propósito de fornecer informações importantes sobre o hábito e desenvolvimento da planta em seu ambiente nativo. Em cada mancha identificada e marcada, foram anotados dados fenológicos da planta. Também foi desenvolvida uma planilha de campo detalhada para anotações de dados como, por exemplo: tipo de vegetação, quais espécies vegetais que habitam o mesmo ambiente onde as plantas foram identificadas para que se possa entender suas relações; tipo de solo, para se obter informações importantes sobre características físicas, químicas e microbiológicas, dados necessários para a formação das mudas em casa de vegetação; sinais de depredação e doenças, que serão importantes para se identificar possíveis doenças ou danos provocados por insetos e/ou outros organismos; características da planta, como floração, número de plantas encontradas em cada foco, altura da planta, medidas de área foliar, diâmetro de caule, diâmetro da raiz, número de ramificações em cada planta, número e fase de desenvolvimento de inflorescências e frutos; etc.

Páginas: anterior 1 2 próxima Topo da página


Marçal Henrique Amici JorgeEnvie um email!
Pesquisador - EMBRAPA/CPAP

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

  • doação
    gostaria de receber doações de mudas de plantas medicinais, pode ser de qualquer especie, pois estamos montando uma farmacia viva, agradeço desde ja, as pessoas de bom coração que estiverem dispostos a nos ajudar.obrigado.
    RAIMUNDO MARTINS DE SOUSA NETO - 10/07/16 19:51

  • nó-de-cachorro
    gostaria de saber o benefisio, e como podemos consumi,já uso no chimarrão,sei q é estimulante...um abrç.
    neiva - 15/12/09 10:49

  • nó-de-cachorro
    ACHEI MUITO BOM ESTE ARTIGO EU NAÕ CONHESIA ESTA PLANTA. ESPERO QUE VOCE PESQUISE MAS SOBRE ELA E MUITAS MAS PLANTAS
    pedro p silva - 14/02/08 12:46

  • :. ARTIGOS RELACIONADOS

    Artigos por assunto

    Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
    Copyright © 2000 - 2017 Agronline.com.br