Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
Responsabilidade Social

02/12/2003

:. Do mesmo autor
O Marketing e o Agronegócio

O Marketing e o Agronegócio II

Porque sou favorável à soja transgênica - divagações de um pragmático

Nosso grande diferencial

Competentes e Maléficos

Novos instrumentos de Marketing no agronegócio

Novidade: Cooperativas de Cachaça

Um negócio moderno

O Estado moderno

Marketing do Agronegócio III - Uma Nova Roupagem

Mais instrumentos para a empresa cooperativa

A “Responsabilidade Social”, conceito amplo e complexo, tem sido usado pelo marketing como base para se construir uma organização de sucesso. Qualquer ranhura nos procedimentos que são englobados pelo conceito repercutirão na comercialização e nos relacionamentos da organização, ou do setor, com a comunidade. Os mercados globalizados ampliaram os problemas de deslizes na Responsabilidade Social.

Os países do primeiro mundo, com custos superiores na produção primária e no agronegócio, estão usando barreiras de toda sorte na importação de produtos destes setores para compensar sua ineficiência. O mais moderno é a Responsabilidade Social, que transcende à simples produção, como antigamente, e envolve conceitos como o trabalho infantil, cuidados com os animais e agressão ao meio ambiente.

Logo que venhamos a ampliar o market share em relação às grandes multinacionais de bebidas, um arsenal de normas será levantado para restringir os mercados onde a cachaça está penetrando, e tendo sucesso, por ser, sem dúvida, uma bebida com características superiores. Isto já ocorre em relação a outros produtos do agronegócio. Faz parte das leis do mercado. Cabe a nós retrucarmos, tomarmos posição e lutarmos contra este tipo de opressão. O colonialismo nunca acabou. Mudou de forma.

A Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento estará anunciando, juntamente com a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Convênio de grande importância social e econômica que permitirá o desenvolvimento de pequenos produtores rurais de cachaça de alambique, a bebida mundial de Minas Gerais, e facilitará sua comercialização, pois acrescentará, no seu processamento, o respeito às normas ambientais. Produção com responsabilidade. Mais de 200 produtores já aderiram ao Convênio, o que mostra que o setor quer melhorar, quer aprender, quer se desenvolver. Um brinde a isto!

Marcos Garcia JansenEnvie um email!
Diretor de Política Agrícola - SEAPA

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

:. ARTIGOS RELACIONADOS

Artigos por assunto

Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
Copyright © 2000 - 2017 Agronline.com.br