Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
Variedade de milho Sol da Manhã: opção para solos de baixa fertilidade

05/09/2006

:. Do mesmo autor
Densidade e espaçamento como fatores de produtividade na cultura do milho

Sorgo, uma opção a mais para os agricultores roraimenses

O Estado de Roraima possui 22.429.898 hectares dos quais estão disponíveis para o setor produtivo 2.086.951 ha, sendo 1.141.951 ha de savana e 945.000 ha de mata. O milho é uma das opções de culturas para plantio nessas áreas. É um alimento tradicional, altamente energético, produzido e consumido em todas as regiões brasileiras.

Em 2005, segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento, foram produzidos em Roraima 26.000 toneladas de milho em uma área de 13 mil hectares. Na maior parte desta área foi utilizada a variedade BR 106. Alguns dos motivos para o sucesso do BR 106 é que ele é um milho rústico, possui menor custo de semente, apresenta boa estabilidade de produção e adaptabilidade a todas as regiões brasileiras, resistência ao acamamento e ao ataque das principais pragas.

Entretanto, dentre as cinco variedade recomendadas para Roraima (BR 106, BRS Sol da Manhã, BR 451, BR 473 e BRS Saracura) a variedade BRS Sol da Manhã vem se destacando das demais em termos de produtividade de grãos. Em trabalhos realizados na Embrapa Roraima de 2003 a 2005, o BR 106 produziu em média 2206 kg/ha, enquanto que o Sol da Manhã produziu 3532 kg/ha.

A variedade Sol da Manhã foi desenvolvida pela Embrapa Agrobiologia e pela Embrapa Milho e Sorgo e contou com a participação efetiva de agricultores de uma comunidade chamada Sol da Manhã, situada em Seropédica, RJ, onde vários ciclos de seleção foram realizados em ambientes com baixa fertilidade natural e com baixo nível de nitrogênio.

Sabe-se que o nitrogênio é o nutriente mais requerido, o que mais limita a produtividade de milho e também é o que mais onera a cultura. Essa variedade é uma nova alternativa para o mercado Roraimense. Possui grãos duros e alaranjados, é uma variedade precoce (completa o ciclo em menos de 100 dias, nas condições de Roraima), adaptada a solos de baixa fertilidade natural, eficiente no uso de nitrogênio e com alto potencial produtivo (7500 kg/ha).

Aloisio Alcântara VilarinhoEnvie um email!
Pesquisador - EMBRAPA/CPAFRR

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

  • Semente de milho Sol da manhã
    Onde encontro semente de milho SOL DA MANHÃ BRS 451
    José César de Souza - 14/03/17 18:02

  • :. ARTIGOS RELACIONADOS

    Artigos por assunto

    Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
    Copyright © 2000 - 2017 Agronline.com.br